Salmo 21 (Sefirat Haomer – Hod)

27/04/2010 às 09:50 | Publicado em Curiosidades, Para ler, Salmos comentados, Sefirot | Deixe um comentário
Tags: , , , ,

A contagem do Ômer continua, e a sefirá que nos ilumina nesta semana (do 29° ao 35° dia) é chamada de Hod, a qual nos é revelada pelo Eterno por meio do esplendor, e nós O retornamos com agradecimento, enquanto no dia a dia, nós despertamos os sentimentos de sinceridade e humildade.

Encontrei uma analogia muito interessante para facilitar o entendimento de Hod: se a tolerância demonstrada em Netsach é o motor da vida, a humildade é o combustível. Da mesma forma que a disciplina encontrada em Guevurá consegue abstrair o amor presente em Chessed, a humildade encontrada em Hod concede a tolerância, ou Netsach. A humildade seria uma espécie de “amigo oculto” da tolerância. É a partir do silêncio que sua força é encontrada. E é no repouso que conseguimos enxergar seu esplendor.

Hod é a modéstia, e jamais deve-se confundí-la com a ausência de auto-estima ou com fraqueza. É reconhecer como somos pequenos, quase insignificantes, perto da grandiosidade do esplendor, da Glória do Eterno. Por outro lado, esse sentimento faz com que consigamos entender que é possível nos tornarmos maiores e melhores. Taí a grandeza da humildade.

Hod é gratidão ao Eterno: aceitar suas virtudes e forças, e reconhecer que isso não pertence a ti, e que na verdade, foi Deus que o agraciou com tais qualidades. Mas saiba que este presente Divino não foi-lhe concedido para satisfazer suas próprias necessidades. Estes atributos e dons devem ser aproveitados para um propósito mais elevado. No entanto, cabe a cada um descobrir o real objetivo e em qual situação utilizá-los.

Adotei o Salmo 21 como referência para falar do atributo Hod. Trata-se de um Salmo de agradecimento, no qual David demonstra gratidão ao Eterno por lhe concedido o reinado; por ter sido salvo; e, o mais importante: ter sido agraciado com o poder, a misericórdia e a Glória do Eterno.

Vejamos o versículo 5:

Na Bíblia: Grande é a sua glória pela tua salvação; glória e majestade puseste sobre ele.

No hebraico: Grande é sua honra, por ter sido salvo por Ti; glória e majestade lhe concedeste.

Transliterado: Gadol kevodo bishuatêcha, hod vehadar teshave alav.

_

Para complementar a mensagem do Salmo, reproduzo abaixo outros dois versículos, nos quais é possível ver o salmista agradecer por outros atributos dados pelo Eterno:

Versículo 7:

Porque o rei confia no SENHOR, e pela misericórdia (Chessed) do Altíssimo nunca vacilará.

_
Versículo 13:

Exalta-te, SENHOR, na tua força; então cantaremos e louvaremos o teu poder (Guevurá).

_

Se nós recebemos bênçãos, sejam elas materiais, emocionais ou espirituais, é evidente que temos o direito de apreciá-las e usufruirmos delas. No entanto, é fundamental louvarmos a Deus e agradecê-Lo. Ao reconhecermos o Eterno como a razão do nosso sucesso, também será possível termos a consciência de que toda a nossa benevolência vem Dele.

Segue o trecho da tabela da Chabad, no qual podemos exercitar o atributo Hod durante a semana do 29° ao 35° dia da Sefirat Haomer:

_

DATA ATRIBUTOS DO DIA EXERCÍCIO DO DIA
qua, 28/04 Chessed / Hod
(Misericórdia / Explendor)
Antes de rezar com humildade e reconhecimento de D’us, dê Tzedakah. Isto irá melhorar suas preces
qui, 29/04 Guevurah / Hod
(Força / Explendor)
Foque sua relutância em se comprometer em uma dada área e veja se ela se origina de um lugar saudável, humilde
sex, 30/04 Tiferet / Hod
(Beleza / Explendor)
Expresse um sentimento de humildade com um ato de Compaixão
sáb, 1/05 Netzach / Hod
(Vitória / Explendor)
Demonstre a força de sua humildade iniciando ou participando ativamente em uma boa causa
dom, 2/05 Hod / Hod
(Explendor / Explendor)
Seja humilde apenas por ser
seg, 3/05 Yessod / Hod
(Fundação / Explendor)
Use sua humildade para construir algo duradouro
ter, 4/05 Malchut / Hod
(Reino / Explendor)
Ensine a alguém como a humildade e a modéstia reforçam a dignidade humana

_

Até a semana que vem, onde falarei de Yessod.

Salmo 74 (Sefirat Haomer – Netsach)

22/04/2010 às 12:39 | Publicado em Curiosidades, Para ler, Salmos comentados, Sefirot | Deixe um comentário
Tags: , , , ,

Continuando com a Sefirat Haomer (contagem do Ômer), o atributo desta semana, que vai do 22° ao 28° dia é Netsach.

Por meio de Netsach, o Eterno nos proporciona vitória e eternidade. Por consequência, manifestamos dentro de nós a confiança. No dia-a-dia, é possível também aplicar a tolerância e a ambição.

A tolerância e a ambição provém da determinação. Seria um ponto de equilíbrio entre a persistência, a paciência e a coragem. Tolerância também é ser confiável e responsável. Tais atitudes transmitem confiança e compromisso, o que garante êxito em cada realização, independente de  boas intenções ou esforços sobre humanos.

Netsach significa estar vivo, lutar pelo que acredita, ir até o fim. É uma energia interior que não se detém para conseguir seus objetivos. Para isso é preciso entender o nível de compromisso com seus valores, até que ponto você lutaria pelos outros, se você se deixa influenciar facilmente, qual é o preço disposto a pagar por suas crenças, e se existe alguma verdade pela qual você se dispõe a entregar sua vida.

Na minha opinião, o Salmo que mais se encaixa à Sefirá Netsach de todo o Tehilim é o Salmo 74. Abaixo, alguns versículos:

_

Versículo 1:

Na Bíblia: Ó Deus, por que nos rejeitaste para sempre? Por que se acende a tua ira contra as ovelhas do teu pasto?

No hebraico: Ó Eterno, por que nos rejeitas para sempre? Por que se inflama Tua ira contra o rebanho de Tua pastagem?

Transliterado: Lama Elohim zanáchta lanétsach, ieshan apechá betson mar’itêcha.

_

Versículo 3:

Na Bíblia: Levanta os teus pés para as perpétuas assolações, para tudo o que o inimigo tem feito de mal no santuário.

No hebraico: Dirige Teus passos às ruínas irreparáveis, contra todo o mal perpetrado pelo inimigo no santuário.

Transliterado: Haríma feamêcha lemashuót nétsach, col herá oiev bacódesh.

_

Versículo 10:

Na Bíblia: Até quando, ó Deus, nos afrontará o adversário? Blasfemará o inimigo o teu nome para sempre?

No hebraico: Até quando, ó Eterno, continuará o opressor com seu ultraje? Blasfemará, eternamente o inimigo contra o Teu Nome?

Transliterado: Ad matai Elohim iecharef tsar, ienaets oiev shimchá lanétsach.

_

Versículo 19:

Na Bíblia: Não entregues às feras a alma da tua rola; não te esqueças para sempre da vida dos teus aflitos.

No hebraico: Não permitas que seja entregue às feras a alma de Tua pomba (Israel). Não esqueças para sempre a vida de Teus desválidos.

Transliterado: Al titen lechaiat néfesh torêcha, chaiat aniiêcha al tishcach lanétsach.

_

O Salmo 74 consiste em um clamor ao Eterno pela vitória. Este Salmo transmite uma mensagem inspiradora, onde mesmo em meio às dificuldades, é possível notar a tolerância com a situação permitida pelo Eterno, e ao mesmo tempo, confiança na vitória que Deus pode conceder a qualquer momento. E que a misericórdia e o poder do Eterno subsistirá sobre seus escolhidos para sempre.

Segue abaixo o trecho da tabela da Chabad referente à contagem deste atributo:

_

DATA ATRIBUTOS DO DIA EXERCÍCIO DO DIA
qua, 21/04 Chessed / Netsach(Misericórdia / Vitória) Quando lutar por algo em que você acredita, pare por um momento para ter certeza que isto seja feito de uma forma amável
qui, 22/04 Guevurah / Netsach
(Força / Vitória)
Quebre um mau hábito hoje
sex, 23/04 Tiferet / Netsach
(Beleza / Vitória)
Seja paciente e escute alguém que geralmente lhe deixa impaciente
sáb, 24/04 Netzach / Netzach
(Vitória / Vitória)
Comprometa-se a desenvolver um novo bom hábito
dom, 25/04 Hod / Netzach
(Explendor / Vitória)
Quando acordar, reconheça que D’us lhe dá uma alma com o poder extraordinário e a versatilidade de resistir apesar dos desafios. Isto lhe propiciará reunir força e energia para o dia inteiro
seg, 26/04 Yesod / Netzach
(Fundação / Vitória)
Para assegurar a durabilidade de uma nova resolução, una-se a ela imediatamente. Isto pode ser assegurado realizando sua resolução através de um ato construtivo ou se comprometendo com outra resolução
ter, 27/04 Malchut / Netzach
(Reino / Vitória)
Lute por uma causa digna

Nunca se dê por vencido, e não tenha medo de pensar grande. Intensifique sua tolerância, liberte o Netsach que está dentro de você. Quanto maior for a sua confiança, maior ainda é a certeza da vitória.

Assim como eu, que cada um possa seguir vivendo, aprendendo e contando. Shavua Tov!

Salmo 96 (Sefirat Haomer – Tiferet)

18/04/2010 às 10:46 | Publicado em Curiosidades, Para ler, Salmos comentados, Sefirot | Deixe um comentário
Tags: , , , ,

Dando continuidade à Sefirat Haomer (Contagem do Ômer), esta semana (entre o 15° e o 21° dia) tem a sefirá Tiferet como tema. Tiferet é o atributo no qual o Eterno concede Beleza, e nós retornamos misericórdia, compaixão.

Tiferet é a mescla entre o amor de Chessed com a disciplina da Guevurá. E por que precisaria de um atributo à parte para integrar outros dois? Na

realidade, Tiferet se fortalece por meio da verdade, que seria um sentimento diferente dos atributos Chessed e Guevurá.

Para alcançar essa verdade, é preciso ter a medida certa: não ser movido integralmente pela emoção (amor e benevolência de Chessed), mas também não ser totalmente racional (disciplina e severidade de Guevurá). É necessário equilíbrio similar ao de quem tenta ser justo, onde não se pode ser integralmente bondoso, tampouco malévolo ao extremo.

E qual é a relação de tudo isso com Beleza? O real significado da beleza do Eterno é justamente essa junção do amor e da disciplina, que formam um conjunto harmonioso, trazendo à tona um belo sentimento. E se a formosura de um ser humano pudesse ser medida pelo caráter e pelos atributos de sua alma, certamente uma pessoa repleta de Tiferet estaria entre as mais belas.

Para mantermos o Tehilim envolvido na contagem do Ômer, utilizarei como exemplo o Salmo 96, versículo 6:

Na Bíblia: Glória e majestade estão ante a sua face, força e formosura no seu santuário.

No hebraico: Honra e majestade estão à Sua frente; glória e beleza resplandecem de Seu santuário.

Transliterado: Hod vehadar lefanáv, óz vetif’éret bemicdasho.

Em suma: o santuário de Hashem deve ser repleto de glória e verdade. Afinal, a casa do Eterno deve ser norteada pela justiça. E nós, como fieis servos, devemos seguir os seus passos, incorporando a verdade, ou Tiferet, em nossas vidas. E no dia-a-dia, que possamos demonstrar compaixão de maneira verdadeira para com o próximo, sem qualquer tipo de interesse ou sentimento de obrigação.

Segue abaixo a tabela para contagem e acompanhamento dos atributos, seguidos dos exercícios sugeridos:

_

DATA ATRIBUTOS DO DIA EXERCÍCIO DO DIA
qua, 14/04 Chesed / Tiferet
(Misericórdia / Beleza)
Ao ajudar alguém, se entregue por inteiro. Ofereça um sorriso ou um ato amoroso
qui, 15/04 Guevurá / Tiferet
(Força / Beleza)
Expresse sua compaixão de uma forma objetiva e construtiva focando nas necessidades de alguém
sex, 16/04 Tiferet / Tiferet
(Beleza / Beleza)
Expresse sua compaixão de uma nova forma que vá além das suas limitações anteriores: expresse-a a alguém para com quem se foi indiferente
sáb, 17/04 Netsach / Tiferet
(Vitória / Beleza)
No meio do seu dia atarefado, pare por um momento e ligue para alguém que precise de uma palavra de apoio. Defenda alguém que precisa de suporte, mesmo que esta não seja uma posição popular
dom, 18/04 Hod / Tiferet
(Explendor / Beleza)
Expresse sua compaixão de forma anônima, sem alarde
seg, 19/04 Yesod / Tiferet
(Fundação / Beleza)
Assegure-se que algo eterno é construído como resultado de sua compaixão
ter, 20/04 Malchut / Tiferet
(Reino / Beleza)
Ao invés de simplesmente dar caridade, ajude aos necessitados a se ajudarem de forma a reforçar a dignidade destes

Que a contagem do Ômer continue sendo uma experiência intensa e especial em sua vida. Tenha uma boa semana. Shavua Tov!

Selá

01/04/2010 às 15:25 | Publicado em Curiosidades, Para ler | Deixe um comentário
Tags: , , ,

É provável que esta seja uma das maiores curiosidades relacionadas aos termos e títulos presentes nos Salmos. Afinal, qual é o significado da palavra Selá? E o mais importante: por qual razão ele é empregada em alguns Salmos?

Selah (do hebraico סֶלָה) é uma palavra de difícil tradução, pois trata-se do hebraico antigo. Não deve ser confundida com a palavra hebraica sela (do hebraico סֶלַע), que significa “pedra”.

Para alguns, ela significa “para sempre”. Outros consideram que ela seja uma confirmação daquilo que foi dito anteriormente.

No âmbito musical, Selah corresponde a uma pausa na música. A ideia seria empregar o termo de forma semelhante à Amen, ao enfatizar a importância da passagem anterior. Um fato curioso é que trinta e um dos trinta e nove salmos que possuem o título “Para o mestre do canto”, contém a palavra Selah.

Em termos de estudo, alguns consideram que o Selá remete à uma pausa para reflexão durante a leitura do texto, algo como “pare e pense”. Há quem diga também que trata-se de uma marcação para sinalizar um contraste entre o versículo anterior e o seguinte, estabelecendo uma relação de causa e efeito.

Selá já foi traduzido como ‘levantar’, ‘fazer uma pausa de meditação’ ou ‘interlúdio’. Esta palavra não é encontrada nos cabeçalhos, mas no decorrer ou no final do Salmo. O termo Selá é empregado 71 vezes em 39 Salmos. Seu significado é incerto, mas alguns têm sugerido que a razão de sua empregabilidade é para levantar a voz ou para aumentar o volume da música ou a voz. Outros sugerem que indica uma pausa dramática para efeitos musicais e de meditação, ou marca o lugar onde a bênção final poderia ser cantada.

A verdade é que esta pergunta tem tudo para permanecer sem resposta, pois existem diversas interpretações. Entretanto, este post tenderá a sofrer constantes atualizações, na medida em que forem encontradas novas informações sobre o tema.

Guitit (Gitite)

27/03/2010 às 09:44 | Publicado em Curiosidades, Para ler | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

Os salmos 8, 81 e 84 são endereçados ao Mestre do Canto, sobre Guitit, ou sobre Gitite.

O sobrescrito em Guitit é explicado pelo fato de que a Arca Sagrada também era conhecida como guitita, porque ficou guardada na casa de Oved Edom, o guitita, por três meses, como podemos ver em passagens das Escrituras, no capítulo 6 do Segundo Livro de Samuel, e no capítulo 13 do Primeiro Livro de Crônicas. Após esse período, David a levou para sua morada definitiva.

Outra interpretação é que trata-se de um instrumento musical. Há quem diga que essa palavra é derivada de Gate, que significada “lagar”, e que seria um tema de uma melodia composta pelos músicos do reino, que se chamaria Os Lagares.

Se houver mais algum termo no Tehilim que lhe desperte curiosidade, deixe um comentário, ou aguarde, pois em breve, tentarei apresentar mais significados ou interpretações de outras expressões ou títulos presentes no livro dos Salmos.

Ao mestre do Canto

11/03/2010 às 10:11 | Publicado em Curiosidades, Para ler | Deixe um comentário
Tags: , ,

No livro do Tehilim, há 54 salmos que se iniciam com a expressão: “Para o Mestre de Música”, ou “para o Músico-mor”. Traduzido do hebraico, o termo utilizado é Lamenatsêach (Para o Condutor).

No reinado do Rei David, Chenaniah (Quenanias) era o Mestre do Canto. É possível encontrar mais informações sobre o papel de Chenaniah em passagens no Primeiro Livro de Crônicas (do hebraico Divrei HaYamim I, ou דברי הימים א), Capítulo 15, versículos 16, 22 e 27, por exemplo.

A responsabilidade de Chenaniah era decidir a ordem da música e do cântico. Por esta razão, os Salmos endereçados para Chenaniah continham o título “Para o mestre de música”.

Os Salmos endereçados ao Mestre do Canto são: do 4 ao 6, 8, 9, do 11 ao 14, do 18 ao 22, 31, 36, do 39 ao 42, do 44 ao 47, 49, do 51 ao 62, do 64 ao 70, do 75 ao 77, 80, 81, 84, 85, 109, 139 e 140.

Chenaniah era coordenador, mestre do cântico, regente e o líder do coral. Por possuir tais atribuições, os Salmos eram dirigidos a ele.

Masquil

10/02/2010 às 15:28 | Publicado em Curiosidades, Para ler | 2 Comentários
Tags: , , ,

Masquil (do hebraico משכיל ou Maskil) é um termo literário musical, que ocorre no título de treze Salmos: 32, 42, 44, 45, 52, 53, 54, 55, 74, 78, 88, 89 e 142. É uma forma verbal, que significa ser perspicaz, compreender, perceber.

Em forma de substantivo, maskil remete à uma canção que imponha alguma lição de sabedoria, uma canção que traga um ensinamento em sua mensagem, um Salmo de instrução. O versículo 7 do Salmo 47 diz: “Pois Deus é o Rei de toda a terra, cantai louvores com inteligência”. No hebraico, temos: “כי מלך כל-הארץ אלהים–    זמרו משכיל“. E se translitermarmos, teremos: “Ki mélech col haárets Elohim, zamerú maskil.”

De acordo com o sábios, os Salmos chamados de Maskil foram ensinados aos remanescentes judeus durante a grande tribulação: o holocausto, que ocorreu em meio à Segunda Guerra Mundial. Eles foram uma mensagem importante de instrução de HaShem para o Seu povo durante esse péríodo.

Curiosidade: a palavra Maskil também é atribuída como Título de honra, que significa “sábio” ou “homem iluminado” para judeus da Itália, e também para estudiosos do movimento alemão Haskalah.

Neginot

03/02/2010 às 15:14 | Publicado em Curiosidades, Para ler | Deixe um comentário
Tags: , , ,

Mais uma curiosidade sobre Tehilim. Dessa vez, a palavra é Neginot (do hebraico נגיגות), ou Neguinote, como é traduzido para o português. Neginot é uma palavra do hebraico que está no plural, originada pela palavra neginá, que se refere a tocar uma melodia usando os dedos, por meio de uma corda. Como os instrumentos musicais de corda geralmente possuem mais de uma corda, atribui-se o plural.

Os salmos que possuem esse nome em seu início são: 4, 54, 55, 61, 67 e 76. Entende-se que a aplicação do Salmo seria para música instrumental, por meio do dedilhar de um instrumento de corda.

O empregar da palavra Neginot no Tehilim é um dos indícios mais claros de sacrifícios de louvor e adoração ao Eterno por meio de cânticos com instrumentos musicais.

Linguagens de canto do Tehilim

27/01/2010 às 11:14 | Publicado em Curiosidades, Para ler, Para ouvir | Deixe um comentário
Tags: ,

No site da União Israelita Shel Guemilut Hassadim, umas das mais antigas sinagogas do Rio de Janeiro, achei um texto interessante do RASHI (ou Rabino Shlomo Itschaki), que diz que o Tehilim teria sido escrito/composto, baseado em dez linguagens de canto:

1. Regência
2. Melodia
3. Cântico
4. Canção
5. Louvor
6. Prece
7. Bênção
8. Confissão
9. Felicidade
10. Exaltação

Outro ponto interessante do site é que eles disponibilizaram para download todo o Tehilim recitado/cantado. É possível baixar o arquivo completo (tem quase 125 MB) com todos os Salmos, ou ouvir um Salmo específico, clicando nos links à direita.

Caso você tenha alguma sugestão de link interessante sobre Salmos, envie por meio dos comentários. Futuramente, dedicarei um post para estes links. Shalom!

Autoria dos Salmos

14/01/2010 às 17:57 | Publicado em Curiosidades, Para ler | Deixe um comentário
Tags: , ,

Por mais que todos saibam que David é o grande responsável pelo Tehilim, nem todos os Salmos teriam sido escritos ou compostos por ele.
Segundo os sábios, alguns Salmos possuem a autoria ou co-autoria de Shlomo (Salomão), Adam (Adão), Malkitzedec (Melquizedeque), Abraham (Abraão), Moshe (Moisés), Heiman (Hemã), Etan (Etã), Yedutun (Jedutum), Assaf (Assafe) e os três filhos de Côrach (Coré).

Baseando-se em diversas informações encontradas sobre o tema, listo abaixo a relação dos Salmos e seus respectivos autores:

David (Davi)

Individualmente, escreveu quase metade do Tehilim. São 73 Salmos.

Shlomo (Salomão)

Participação em 2 Salmos: 72 e 127.

Os três filhos de Côrach (Coré)

Eles escreveram 12 Salmos: do 42 ao 49, 84, 85, 87 e 88.

Assaf (Assafe)

Foram atribuídos a ele a autoria de 12 Salmos: 50 e do 73 ao 83.

Heiman (Hemã)

Ezraíta, escreveu o Salmo 88. Foi fundador de um grupo chamado Os Filhos de Côrach e era conhecido por sua sabedoria.

Etan (Etã)

Escreveu o Salmo 89. Segundo os sábios, Abraão teria sido co-autor deste Salmo.

Moshê (Moisés)

Escreveu do Salmo 90 ao 100.

Yedutun (Jedutum)

Escreveu 3 Salmos: 39, 62 e 77.

Quando algum Salmo tiver a participação de algum deles, certamente será citado no texto, assim como qualquer outra curiosidade ou fato interessante relacionado ao Salmo em si que for encontrado.

« Página anteriorPróxima Página »

Blog no WordPress.com. | O tema Pool.
Entradas e comentários feeds.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 25 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: